"Isso não é o fim" - Documentário HIV/Aids - Trailer

11:38:00 1 Comments A+ a-


Um assunto que antes era considerado um tabu, hoje se tornou um tema de consciência mundial, sendo encarado de frente e tratado abertamente. E você? Quando vai rever os seus conceitos?

Infelizmente, muitas pessoas pensam que só poderão contrair o vírus da AIDS se forem usuários de drogas, se tiverem o hábito de ter vários parceiros sexuais ou a condição de homossexual. E a realidade não é essa. O HIV pode afetar qualquer um, inclusive eu, inclusive você.

1 COMENTE AQUI ESSA MATÉRIA:

Write COMENTE AQUI ESSA MATÉRIA
5 de novembro de 2014 15:32 delete

Houve um monte de dúvidas sobre a cura da aids hiv, eu também duvidavam, mas agora eu acredito que o milagre que eu recebi também pode ser de grande ajuda para o mundo e as vítimas do HIV / SIDA. Meu nome é Angela meu email é angelafreemane@gmail.com eu vivi com este vírus mortal por mais de um ano, meu marido descobriu que nós éramos ambos HIV positivo, que nos fez deprimido. Nós tentamos por todos os meios para viver nossas vidas, apesar de esta coisa em nosso corpo. Até que nós tropeçamos mediante esta poderosa herbalista que retratou uma cura para o vírus. No início, estávamos céticos, mas meu marido insistiu em dar-lhe uma tentativa e pedimos para algumas de suas ervas e algumas semanas após a conclusão do processo do herbalista, fomos para um teste como indicado pelo médico, fomos sobrecarregado com felicidade quando recebi os resultados na clínica que meu marido e eu agora são HIV negativos. A taxa de vírus no corpo caiu em algumas semanas estávamos completamente cicatrizado .. A coisa mais importante é para você ser curado, se você quer saber sobre este fitoterapeuta chamá-lo de agora em diante +2349032913215 ou e-mail: ODINCURAHIV@GMAIL.COM Deus te abençoe.

Reply
avatar

Bem Vindo ao blog Alan Junior de Queiroz!

Lista de regras para fazer comentários!
Então, antes que você só dê trabalho pra gente, dá só uma olhada...

1. Xingamentos gratuitos serão deletados sem dó. Tá nervosinho? Vai falar pra sua mãe.
2. Spams, propagandas ou qualquer coisa que faça você linkar seu blog ou algo do tipo por aqui, fará com que seu comentário seja editado. A não ser que o link possa realmente acrescentar algo ao texto e aos comentários.
3. Não fuja do assunto. Quer falar do seu vizinho? Faça um Twitter.
4. Recebeu um comentário(réplica) ácido e não gostou? Foi você quem pediu.
5. Escreva com conteúdo. E, por favor, ESCREVA CORRETAMENTE. Sabe, nós, pelo menos, TENTAMOS escrever da maneira correta para vocês; bem que vocês poderiam fazer o mesmo por nós, né? Então, faça um esforço pra não escrever feito um retardado e elabore seu comentário. Floods, flames ou qualquer outra coisa inútil será deletada.

Acima de tudo, comente apenas se você tiver algo para comentar. Acredite, quando com conteúdo, seu comentário é bem-vindo. Nós lemos todos os comentários, sem exceção. Se você for bonzinho, a gente aprova seu comentário. Após o primeiro comentário aprovado, seus próximos comentários serão aprovados automaticamente.

PS: Nós não nos responsabilizamos pelos comentários publicados aqui. Essa é uma área aberta para os visitantes do site expressarem sua opinião.
Manda ver:

Para contato, críticas, chorume e reclamações que não perguntei alanjuniordequeiroz@hotmail.com.br. Não que a sua opinião tenha importância ou fará diferença para mim.