quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Minha opinião sobre: a decisão do STJ sobre os Testemunhas de Jeová

Nenhum comentário:

Nessa semana, dois ministros do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) concederam um habeas corpus a um casal seguidor da religião Testemunhas de Jeová que impediram médicos de fazerem transfusão de sangue em sua filha. Devido a isso, a garota morreu. O caso aconteceu em 1993 e o casal foi preso sob a acusação de homicídio.

Respeito todas as religiões, e, por isso, evito fazer comentários sobre qualquer credo/dogma, mas, nesse caso, não me contive. Que Deus é esse que eles, os Testemunhas de Jeová, servem que é contra a vida? Repito: uma criança de 13 anos morreu. 

Colocar preceitos religiosos primitivos acima da vida é um tremendo retrocesso. Respeito, mas discordo desse "conceito religioso". Deixar a própria filha morrer por causa da Bíblia ainda não é considerado "sacrifício humano" ou um "ritual"? Por que procurar um Hospital se não quer viver? Repito, independente de concordar ou não com a crença deles, temos que respeita-los. Mas eu, Alan, acredito que quando quem necessita de ajuda é um menor de idade - o médico deveria ser soberano. As vezes o menor nem tem intenção de seguir os dogmas dos pais.  

Reza a Constituição Federal que o Estado é laico. Ou não? O STJ errou! Os ministros não devem se submeter as pressões ou ter inclinações à crenças religiosas. Essa menina foi ASSASSINADA pelos pais. Cadeia neles!  Cadeia no médico também. A Constituição também garante direito à vida. Ou não?
Aliás, as leis brasileiras estão confusas iguais os textos bíblicos. Cada um interpreta à sua maneira. Não houve proteção do direito à vida desta criança, independente da religião dos seus pais. Aproveitando o embalo... Vamos liberar a eutanásia, o homicídio, o aborto, a pena de morte, as drogas, a direção sob o efeito de álcool... Aliás, todos vamos ressuscitar no final mesmo.

sábado, 26 de julho de 2014

De quem é a culpa?

Nenhum comentário:

A culpa é da velocidade que o mundo gira, da cor do céu, a intensidade do sol, das estrelas, do dia do ano, da temperatura na hora, da distância da lua, do tamanho dos mares, do petróleo ainda não descoberto, dos planetas ainda desconhecidos, da crueldade da natureza, dos mistérios sem soluções, das perguntas sem respostas, dos delírios da humanidade, das ameaças ocultas, da objetividade científica, dos sonhos incógnitos, do otimismo do diabo, dos amores impossíveis, da dor do luto, da magia das amizades, da pluralidade de idiomas, do radicalismo sem metas, das religiões sem fundamentos, dos assuntos controversos, das inseguranças, do encantamento não durável, dos delírios alucinantes, das aberrações da natureza, da vergonha persistente,  da comunicação instantânea, do fim da privacidade, da sedução artificial, da modéstia simulada, da falta de coragem, da falta de confiança, dos medos inexplicáveis, das ideias idiotas, das brincadeiras sem graça, das incertezas da vida.

Você não está preparado para conhecer a essência do Alan Junior de Queiroz. Você não preparado para ouvir a verdade. Você não preparado para presenciar a minha bondade ou maldade. Você não está preparado para desfrutar da minha alegria ou me ver chorando. Não insista, pois você não tem forças para vencer minha ironia e o meu sarcasmo infinito. Você continuará vendo o que eu quero que você veja. Você continuará sabendo sobre mim o que eu quero que você saiba. Realmente, metade de mim acha que sou um Deus; a outra tem certeza. Talvez, a culpa seja minha.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Minha opinião sobre: Dilma+Copa do Mundo?

Nenhum comentário:
 


O objetivo inicial de Lula foi atingido. Conseguiram vincular a Copa do Mundo com as eleições. Sempre discordei dos "especialistas" que diziam que o resultado do Mundial não irá refletir no resultado das eleições. Só sendo muito inocente para acreditar nisso.

"Pesquisa Datafolha finalizada nesta quarta-feira (2) mostra que a proporção de eleitores favoráveis à Copa no Brasil subiu de 51% para 63% em um mês. O orgulho com a realização do Mundial saltou de 45% para 60%. [..] De carona nisso, as intenes de voto em Dilma avanaram de 34% para 38% –a maior variao entre todos os concorrentes– e a aprovao do governo variou positivamente, de 33% para 35%.(Folha de SP/03/07/2014) 

A Presidente Dilma conseguiu tomar carona na alegria dos brasileiros pelo futebol, mas ela não se deu conta de que não foi convidada para participar dessa festa. Foi vaiada, hostilizada e ofendida.

Sinceramente não sei onde e como é metodologia de pesquisa do Datafolha (sinceramente? Nem me interessa), mas querer associar o evento com a disputa pela presidência é algo muito tendencioso. A Copa é um desastre do ponto de vista do luxo dos estádios e da precariedade dos serviços e instalações públicas. Hoje, temos números de desempregados em ascensão, inflação voltou a assombrar, hospitais sem profissionais, gente morrendo sem atendimento, educação abandonada, todo o mês a previsão do crescimento do país é ajustado para menos etc.

Não sou contra a Copa. Nunca fui. Estou acompanhando todos os jogos. Todos. Estou assistindo cada jogão. Está valendo a pena cada centavo desviado. Mas basta uma distração pra boiada seguir direitinho pro curral. O país está descendo a ladeira sem freio, impulsionado pela alegria do povo. Daqui duas semanas, vou esperar pra ver se o "transe" passa... Aí veremos se afundamos mais um pouco nessa areia movediça.

Se o resultado da Copa é mais importante que a corrupção, o uso incorreto do Estado, a falta de ética e valores morais dos políticos, o sucateamento do patrimônio público, o desrespeito aos direitos dos cidadãos. Realmente: o Brasil merece o PT. Infelizmente, o brasileiro é aquela mulher que foi estuprada e acabou se apaixonando pelo estuprador. Vai Brasil! Não pise na "bola" novamente e deixe de agir por impulso. Por favor meu povo, não faça eu torcer contra a Seleção Brasileira.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Minha opinião sobre: a Copa do Mundo no Brasil?

Um comentário:
 

Com superfaturamento ou não, vai ter Copa sim! E ela já começou. Começou com uma abertura vergonhosamente amadora e com o estádio vazio, mas não tem problema. Se vamos ser um vexame internacional, isso ainda não sabemos. Sinceramente? Nem me preocupo com isso. Eu, como a maioria dos brasileiros, ignoro o evento. Mas quero a taça.

Nossa seleção não tem culpa da Presidente irresponsável que temos. Uma senhora que faltou prometer um pedacinho do céu e que nem os estádio 100% concluídos conseguiu entregar. Tudo sempre feito a base do "jeitinho brasileiro". Hoje, eu li na "Folha de SP." a seguinte manchete: "Para evitar vaias, Dilma será 'blindada' no jogo de abertura do Mundial." Como se blinda vaias? Existe algum tipo de colete a prova de vaias?

Voltando ao assunto. Sim, concordo, o Brasil não tinha condições de sediar um evento dessa magnitude. Agora, ser contra não adianta. É tarde pra ficar se lamentando. Os pontos negativos da Copa são mais pertinentes, mas temos que concordar que o governo fez investimentos significativos em várias áreas que estavam abandonadas. Se não fosse o Mundial estaria tudo pior. Foram investimentos em habitação, transporte, infraestrutura, complexos viários, estradas, turismo, saúde, educação e, o mais importante, geração de emprego. A maior parte disso voltará ao normal quando a festa acabar, o resto você pode chamar de legado.  O preço disso tudo? Gastos excessivos de dinheiro público nas obras (elefantes brancos), perdas aos cofres públicos com os investimentos na manutenção das estruturas pós-eventos, corrupção, turismo sexual...Quem liga pra isso? (estou sendo irônico) Precisamos de um pouco de entretenimento diante do caos implantado no Brasil. Próximo evento que mobilizará o Brasil é em outubro hein...

Começou... A partir de agora, eu quero ver o show. Eu torço para o Brasil todo dia. Sempre torci. Que vença o melhor (desde que seja o Brasil).  Vai ter copa. Vai ter manifestações. Vai ter tumulto. Vai ter Black Blocs. Vai ter quebra-quebra. Vai ter gol. Vai ter vaia. Vai ter tudo. Vai ter Brasil!!! A maior festa esportiva do mundo está de volta ao país 64 anos depois... Boa sorte à nossa Seleção.

terça-feira, 6 de maio de 2014

Minha opinião sobre: o linchamento do Guarujá?

4 comentários:


Não estou reconhecendo o Brasil. O país está sofrendo uma mutação irreversível. Se de um lado o governo afirma que houve diminuição nos casos de homicídios do outro vemos os crimes ficarem mais bárbaros. Todo o santo dia milhares de brasileiros têm suas vidas interrompidas por terceiros e por motivos fúteis - como se não bastasse o governo matar milhares de pessoas anualmente com esses Hospital e Postos de Saúde precários e sem vagas.

Quem teve coragem de assistir os vídeos gravados pela "platéia" do espancamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus (sobrenome sugestivo), 31, deve estar chocado com a tamanha covardia, crueldade e violência. A mulher teve suas mãos amarradas, apanhou até ficar inconsciente, foi jogada de um palafitas, recebeu chutes na cabeça, paulada na nuca, foi arrastada... Em um dos vídeos Fabiane chega a murmurar por misericórdia. Se você não assistiu. NÃO ASSISTA. É mais uma terrível cena chocante nesse páis. O espancamento revoltou a Baixada Santista e o Brasil todo.

O que está acontecendo com as pessoas? A cada dia estão mais violentas, insensíveis, intolerantes, estressadas e irracionais. Isso não é efeito "Rachel Sheherazade", "Datena" ou "Marcelo Rezende". Isso é efeito da falta de educação, respeito, civilidade e por causa das leis frouxas - esses fatores afetam principalmente as pessoas mais pobres e fazem as periferias se transformarem em cenários de guerra.

O retrocesso do brasileiro é assustador. O fanatismo religioso, a falta de cultura e a pobreza estão destruindo tudo o que já foi conquistado até agora. Estamos indo de mal a pior. Nós, brasileiros, estamos sendo exterminados. O que eu posso esperar de um país que arremessa vasos sanitários e lincham pessoas por causa de um boato? Agora vão por a culpa na Rachel Sheherazade? Ela é culpada da selvageria do povo? Aliás, o que esperar de quem ainda não entendeu a expressão irônica "adote um bandido"? Após meses de polêmica, vou traduzir o que a Rachel disse: podemos até compreender comportamentos sociopáticos sem concordar com eles.

Estamos vivendo numa Terra de Ninguém, sem comando, sem justiça e crimes cada dia mais violentos. Eu, Alan, ficou envergonhado e triste em ver casos de barbáries como os que tenho visto ultimamente. Uma matança sem fim. A falta de Justiça e um Estado ausente está fazendo a população se transformar em animais violentos. Tem um provérbio árabe que diz: "A ignorância é vizinha da maldade". Querer saber o motivo de tanta violência no Brasil? A resposta é simples: a lei não consegue intimidar, a polícia não consegue reprimir e a Justiça não consegue punir. Simples assim. Para piorar, existe seitas, templos e igrejas oportunistas e, ávidas por dinheiro fazendo as pessoas ficarem mais ignorantes. Que a Justiça (dos homens) seja feita.