quinta-feira, 3 de julho de 2014

Minha opinião sobre: Dilma+Copa do Mundo?

Nenhum comentário:
 


O objetivo inicial de Lula foi atingido. Conseguiram vincular a Copa do Mundo com as eleições. Sempre discordei dos "especialistas" que diziam que o resultado do Mundial não irá refletir no resultado das eleições. Só sendo muito inocente para acreditar nisso.

"Pesquisa Datafolha finalizada nesta quarta-feira (2) mostra que a proporção de eleitores favoráveis à Copa no Brasil subiu de 51% para 63% em um mês. O orgulho com a realização do Mundial saltou de 45% para 60%. [..] De carona nisso, as intenes de voto em Dilma avanaram de 34% para 38% –a maior variao entre todos os concorrentes– e a aprovao do governo variou positivamente, de 33% para 35%.(Folha de SP/03/07/2014) 

A Presidente Dilma conseguiu tomar carona na alegria dos brasileiros pelo futebol, mas ela não se deu conta de que não foi convidada para participar dessa festa. Foi vaiada, hostilizada e ofendida.

Sinceramente não sei onde e como é metodologia de pesquisa do Datafolha (sinceramente? Nem me interessa), mas querer associar o evento com a disputa pela presidência é algo muito tendencioso. A Copa é um desastre do ponto de vista do luxo dos estádios e da precariedade dos serviços e instalações públicas. Hoje, temos números de desempregados em ascensão, inflação voltou a assombrar, hospitais sem profissionais, gente morrendo sem atendimento, educação abandonada, todo o mês a previsão do crescimento do país é ajustado para menos etc.

Não sou contra a Copa. Nunca fui. Estou acompanhando todos os jogos. Todos. Estou assistindo cada jogão. Está valendo a pena cada centavo desviado. Mas basta uma distração pra boiada seguir direitinho pro curral. O país está descendo a ladeira sem freio, impulsionado pela alegria do povo. Daqui duas semanas, vou esperar pra ver se o "transe" passa... Aí veremos se afundamos mais um pouco nessa areia movediça.

Se o resultado da Copa é mais importante que a corrupção, o uso incorreto do Estado, a falta de ética e valores morais dos políticos, o sucateamento do patrimônio público, o desrespeito aos direitos dos cidadãos. Realmente: o Brasil merece o PT. Infelizmente, o brasileiro é aquela mulher que foi estuprada e acabou se apaixonando pelo estuprador. Vai Brasil! Não pise na "bola" novamente e deixe de agir por impulso. Por favor meu povo, não faça eu torcer contra a Seleção Brasileira.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Minha opinião sobre: a Copa do Mundo no Brasil?

Um comentário:
 

Com superfaturamento ou não, vai ter Copa sim! E ela já começou. Começou com uma abertura vergonhosamente amadora e com o estádio vazio, mas não tem problema. Se vamos ser um vexame internacional, isso ainda não sabemos. Sinceramente? Nem me preocupo com isso. Eu, como a maioria dos brasileiros, ignoro o evento. Mas quero a taça.

Nossa seleção não tem culpa da Presidente irresponsável que temos. Uma senhora que faltou prometer um pedacinho do céu e que nem os estádio 100% concluídos conseguiu entregar. Tudo sempre feito a base do "jeitinho brasileiro". Hoje, eu li na "Folha de SP." a seguinte manchete: "Para evitar vaias, Dilma será 'blindada' no jogo de abertura do Mundial." Como se blinda vaias? Existe algum tipo de colete a prova de vaias?

Voltando ao assunto. Sim, concordo, o Brasil não tinha condições de sediar um evento dessa magnitude. Agora, ser contra não adianta. É tarde pra ficar se lamentando. Os pontos negativos da Copa são mais pertinentes, mas temos que concordar que o governo fez investimentos significativos em várias áreas que estavam abandonadas. Se não fosse o Mundial estaria tudo pior. Foram investimentos em habitação, transporte, infraestrutura, complexos viários, estradas, turismo, saúde, educação e, o mais importante, geração de emprego. A maior parte disso voltará ao normal quando a festa acabar, o resto você pode chamar de legado.  O preço disso tudo? Gastos excessivos de dinheiro público nas obras (elefantes brancos), perdas aos cofres públicos com os investimentos na manutenção das estruturas pós-eventos, corrupção, turismo sexual...Quem liga pra isso? (estou sendo irônico) Precisamos de um pouco de entretenimento diante do caos implantado no Brasil. Próximo evento que mobilizará o Brasil é em outubro hein...

Começou... A partir de agora, eu quero ver o show. Eu torço para o Brasil todo dia. Sempre torci. Que vença o melhor (desde que seja o Brasil).  Vai ter copa. Vai ter manifestações. Vai ter tumulto. Vai ter Black Blocs. Vai ter quebra-quebra. Vai ter gol. Vai ter vaia. Vai ter tudo. Vai ter Brasil!!! A maior festa esportiva do mundo está de volta ao país 64 anos depois... Boa sorte à nossa Seleção.

terça-feira, 6 de maio de 2014

Minha opinião sobre: o linchamento do Guarujá?

4 comentários:


Não estou reconhecendo o Brasil. O país está sofrendo uma mutação irreversível. Se de um lado o governo afirma que houve diminuição nos casos de homicídios do outro vemos os crimes ficarem mais bárbaros. Todo o santo dia milhares de brasileiros têm suas vidas interrompidas por terceiros e por motivos fúteis - como se não bastasse o governo matar milhares de pessoas anualmente com esses Hospital e Postos de Saúde precários e sem vagas.

Quem teve coragem de assistir os vídeos gravados pela "platéia" do espancamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus (sobrenome sugestivo), 31, deve estar chocado com a tamanha covardia, crueldade e violência. A mulher teve suas mãos amarradas, apanhou até ficar inconsciente, foi jogada de um palafitas, recebeu chutes na cabeça, paulada na nuca, foi arrastada... Em um dos vídeos Fabiane chega a murmurar por misericórdia. Se você não assistiu. NÃO ASSISTA. É mais uma terrível cena chocante nesse páis. O espancamento revoltou a Baixada Santista e o Brasil todo.

O que está acontecendo com as pessoas? A cada dia estão mais violentas, insensíveis, intolerantes, estressadas e irracionais. Isso não é efeito "Rachel Sheherazade", "Datena" ou "Marcelo Rezende". Isso é efeito da falta de educação, respeito, civilidade e por causa das leis frouxas - esses fatores afetam principalmente as pessoas mais pobres e fazem as periferias se transformarem em cenários de guerra.

O retrocesso do brasileiro é assustador. O fanatismo religioso, a falta de cultura e a pobreza estão destruindo tudo o que já foi conquistado até agora. Estamos indo de mal a pior. Nós, brasileiros, estamos sendo exterminados. O que eu posso esperar de um país que arremessa vasos sanitários e lincham pessoas por causa de um boato? Agora vão por a culpa na Rachel Sheherazade? Ela é culpada da selvageria do povo? Aliás, o que esperar de quem ainda não entendeu a expressão irônica "adote um bandido"? Após meses de polêmica, vou traduzir o que a Rachel disse: podemos até compreender comportamentos sociopáticos sem concordar com eles.

Estamos vivendo numa Terra de Ninguém, sem comando, sem justiça e crimes cada dia mais violentos. Eu, Alan, ficou envergonhado e triste em ver casos de barbáries como os que tenho visto ultimamente. Uma matança sem fim. A falta de Justiça e um Estado ausente está fazendo a população se transformar em animais violentos. Tem um provérbio árabe que diz: "A ignorância é vizinha da maldade". Querer saber o motivo de tanta violência no Brasil? A resposta é simples: a lei não consegue intimidar, a polícia não consegue reprimir e a Justiça não consegue punir. Simples assim. Para piorar, existe seitas, templos e igrejas oportunistas e, ávidas por dinheiro fazendo as pessoas ficarem mais ignorantes. Que a Justiça (dos homens) seja feita.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Minha opinião sobre: a CPI da Petrobras?

Um comentário:


Segundamente a questão não é se a Petrobras teve prejuízo ou lucro, mas, primeiramente, quem encheu os bolsos de dinheiro com essa história. A Ministra Rosa Weber decidiu que a CPI vai tratar apenas da compra da refinaria de Pasadena. Revistas e Jornais já trouxeram informações importantes a respeito do assunto. Resumiria a história pra você em poucas palavras: refinaria, propina e ex-diretor preso. Não entendeu? Vou explicar.

Em março, a Operação Lavo-Jato da Polícia Federal prendeu o ex diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa. Ele tentou destruir documentos que comprovariam a participação dele num esquema de lavagem de dinheiro dentro da Petrobras. Mas isso é apenas o começo. Depois vieram outras histórias: o perdão da Petrobras do calote da Venezuela; suspeita de propina de empresa da Holanda e a compra de refinaria em Pasadena.

O governo tem o analfabetismo político da maioria da população a seu favor. Tem gente que não entendeu, não entende e nem vai entender o tamanho do estrago feito pelo PT na Petrobras (e no Brasil). O partido e outros aliados estão acabando com o país e ainda somos obrigados e continuar ouvindo uma multidão de pessoas repetindo as frases prontas do governo. Infelizmente, a realidade da política brasileira é um retrato do população. "Não interessa se você é letrado ou não, o que importa é se você vive aquilo que fala!"(O Teatro Mágico)

Partidos políticos são necessários e tem gente honesta e desonesta em todos eles. Todos sabemos disso. Seja você analfabeto, com pouco escolaridade, culto, doutor, erudito, instruído, letrado. A cada eleição somos obrigados e escolher o menos pior. Quem compôs a música "se gritar pega ladrão" era um visionário. Se Bezerra da Silva estivesse vivo e chegasse em Brasília cantando apenas o refrão, não restaria muitos políticos em Brasília.

Como falar bem de um país mal administrado? O caso da Petrobras é apenas um exemplo. O Brasil está doente. Educação, saúde e segurança são problemas crônicos, hereditários e sem remédios capazes de amenizar essas "dores". Nossa moral perante as grandes nações está no chão. Nossas estradas estão esburacadas e remendadas, o preço de tudo subiu, os índices de criminalidade dispararam. O país está jogado ao caos e nossa Presidenta ainda quer reeleição.

Aos que passarem pela lavagem cerebral do PT, melhoras. Eu tenho certeza que a presidenta Dilma Rousseff é a mais pil.. [Trecho removido pelo Governo Brasileiro, pois foi considerado ofensivo, conforme determina o Marco Civil da Internet].


quarta-feira, 9 de abril de 2014

Minha opinião sobre: a situação política, social e econômica do país?

Nenhum comentário:

 

Politicamente o país é um fracasso. Escândalos atrás de escândalos. Fraudes atrás de fraudes. Recentemente, um amigo me disse: "você já exerceu menos o papel de cabo eleitoral". Espera! Cada dia me sinto menos seguro e mais exposto à violência urbana e injustiças. Não posso reivindicar por melhorias? Aaaaaaaaah! Lembrei. Aqui não se pode criticar quem está no poder. Eu, Alan Queiroz, vou continuar sendo crítico, reclamando, exigindo, esbravejando e batendo o pé. Eu quero perceptivas melhores. Eu quero sentir as mudanças.

O Brasil está patinando economicamente e quando nós, jornalistas, falamos e criticamos a forma como o país está sendo governado, os "companheiros" militantes acham que é complô pra derrubar o governo PT. Complô? Não há como comparar governos nem países. São épocas distintas e cada país tem políticas públicas diferentes. O governo vive jogando dinheiro no mercado, maquiando resultados e dando incentivos sem organização.

Acho engraçado, o brasileiro só se interessa por política em ano eleitoral. Se a população tivesse acesso a revista Carta Capital ficaria estarrecida em ler como as lambanças do atual governo afeta os empresários brasileiros - e consequentemente os funcionários. Não podemos esquecer do dinheiro público indo pro ralo da corrupção à reviria. Eu quero saber quando ouviremos notícias boas sobre o Brasil?

Eu acho tão normal quando leio que em países desenvolvidos os meios de comunicação tomam partido de situações que afetam a população - e nem por isso perdem a credibilidade. Não temos partidos políticos bons, por isso temos que escolher os menos piores. Acredito que precisamos mudar, pois já vimos demais. O governo omisso, o sistema é corrupto e a Justiça é falha.

Vou resumir pra você o atual governo: Mensalão, Petrobras, Porto de Mariel, Financiamento de ditaduras, Eletrobras, aumento da inflação, Contabilidade criativa, Pibinho, Caos na Saúde Pública, Falta de investimento na Educação ... chega! Não quero ver nosso dinheiro evaporando. Precisamos aprende a reclamar, exigir, criticar e votar.