Minha opinião sobre: Ensino Público

13:11:00 0 Comments A+ a-


"Singapura aplicou esse sistema em moldes meritocráticos extremamente rígidos. Por lá, professores são anualmente testados e, identificados os talentos, ganham promoções. Os melhores e mais interessados viram gestores educacionais, enquanto os que se saem mal sucessivamente são demitidos." (Revista EXAME - 03/05/16)  

O sistema educacional baseado no mérito é o mais rígido, justo e o melhor. Porém, como por em prática esse sistema num páis com uma dívida social histórica impagável e com grandes desigualdades sociais? Ninguém sabe.

Que o Brasil deveria aprender a valorizar e se inspirar em sistemas educacionais como os de Singapura, Hon Kong e Coréia do Sul - ((países que lideram ranking internacional PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), em que o Brasil figura apenas em 60º lugar entre os 76 avaliados pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico)) -, isso ninguém tem dúvidas.

Não falta verba para tornar o país numa potência educacional, falta competência e caráter(!) para administrar um sistema ultrapassado e a beira da morte. Para piorar a situação, os contrastes negativos da educação brasileira surpreende. Quando mais procuramos saber, mais ficamos indignados: escolas sem estruturas, violência crescente e desvios de verbas e merenda.

A China é um exemplo da capacidade de oferecer um ensino de qualidade com custos baixos. Quem já leu a reportagem "O sistema educacional que fez da China uma potência" (Veja, 18/12/2011) do Gustavo Ioschpe sabe da eficiência, rigidez e as consequência do sistema chinês. As escolas chineses contrastam semelhanças e diferenças com as brasileiras desde espaço físico até organização e limpeza. 

O nosso sistema educacional é atrasado, tem dificuldades de mudanças, professores desvalorizado e desmotivados, tem diretrizes curriculares problemáticas e ensino ineficiente. Independente de qual partido esteja no poder, não ajuda a melhorar e a maioria da população se faz indiferente a dedicação aos estudos. Todos esses fatores juntos transformam algo que já não é bom inviável, infelizmente.

Os governantes precisam encarar a educação como política de estado e não de governo. O dinheiro nunca será suficiente enquanto a preocupação não for com a qualidade da educação brasileira e suas instituições.

Bem Vindo ao blog Alan Junior de Queiroz!

Lista de regras para fazer comentários!
Então, antes que você só dê trabalho pra gente, dá só uma olhada...

1. Xingamentos gratuitos serão deletados sem dó. Tá nervosinho? Vai falar pra sua mãe.
2. Spams, propagandas ou qualquer coisa que faça você linkar seu blog ou algo do tipo por aqui, fará com que seu comentário seja editado. A não ser que o link possa realmente acrescentar algo ao texto e aos comentários.
3. Não fuja do assunto. Quer falar do seu vizinho? Faça um Twitter.
4. Recebeu um comentário(réplica) ácido e não gostou? Foi você quem pediu.
5. Escreva com conteúdo. E, por favor, ESCREVA CORRETAMENTE. Sabe, nós, pelo menos, TENTAMOS escrever da maneira correta para vocês; bem que vocês poderiam fazer o mesmo por nós, né? Então, faça um esforço pra não escrever feito um retardado e elabore seu comentário. Floods, flames ou qualquer outra coisa inútil será deletada.

Acima de tudo, comente apenas se você tiver algo para comentar. Acredite, quando com conteúdo, seu comentário é bem-vindo. Nós lemos todos os comentários, sem exceção. Se você for bonzinho, a gente aprova seu comentário. Após o primeiro comentário aprovado, seus próximos comentários serão aprovados automaticamente.

PS: Nós não nos responsabilizamos pelos comentários publicados aqui. Essa é uma área aberta para os visitantes do site expressarem sua opinião.
Manda ver:

Para contato, críticas, chorume e reclamações que não perguntei alanjuniordequeiroz@hotmail.com.br. Não que a sua opinião tenha importância ou fará diferença para mim.