De quem é a culpa?

10:18:00 0 Comments A+ a-


A culpa é da velocidade que o mundo gira, da cor do céu, a intensidade do sol, das estrelas, do dia do ano, da temperatura na hora, da distância da lua, do tamanho dos mares, do petróleo ainda não descoberto, dos planetas ainda desconhecidos, da crueldade da natureza, dos mistérios sem soluções, das perguntas sem respostas, dos delírios da humanidade, das ameaças ocultas, da objetividade científica, dos sonhos incógnitos, do otimismo do diabo, dos amores impossíveis, da dor do luto, da magia das amizades, da pluralidade de idiomas, do radicalismo sem metas, das religiões sem fundamentos, dos assuntos controversos, das inseguranças, do encantamento não durável, dos delírios alucinantes, das aberrações da natureza, da vergonha persistente,  da comunicação instantânea, do fim da privacidade, da sedução artificial, da modéstia simulada, da falta de coragem, da falta de confiança, dos medos inexplicáveis, das ideias idiotas, das brincadeiras sem graça, das incertezas da vida.

Você não está preparado para conhecer a essência do Alan Junior de Queiroz. Você não preparado para ouvir a verdade. Você não preparado para presenciar a minha bondade ou maldade. Você não está preparado para desfrutar da minha alegria ou me ver chorando. Não insista, pois você não tem forças para vencer minha ironia e o meu sarcasmo infinito. Você continuará vendo o que eu quero que você veja. Você continuará sabendo sobre mim o que eu quero que você saiba. Realmente, metade de mim acha que sou um Deus; a outra tem certeza. Talvez, a culpa seja minha.

Bem Vindo ao blog Alan Junior de Queiroz!

Lista de regras para fazer comentários!
Então, antes que você só dê trabalho pra gente, dá só uma olhada...

1. Xingamentos gratuitos serão deletados sem dó. Tá nervosinho? Vai falar pra sua mãe.
2. Spams, propagandas ou qualquer coisa que faça você linkar seu blog ou algo do tipo por aqui, fará com que seu comentário seja editado. A não ser que o link possa realmente acrescentar algo ao texto e aos comentários.
3. Não fuja do assunto. Quer falar do seu vizinho? Faça um Twitter.
4. Recebeu um comentário(réplica) ácido e não gostou? Foi você quem pediu.
5. Escreva com conteúdo. E, por favor, ESCREVA CORRETAMENTE. Sabe, nós, pelo menos, TENTAMOS escrever da maneira correta para vocês; bem que vocês poderiam fazer o mesmo por nós, né? Então, faça um esforço pra não escrever feito um retardado e elabore seu comentário. Floods, flames ou qualquer outra coisa inútil será deletada.

Acima de tudo, comente apenas se você tiver algo para comentar. Acredite, quando com conteúdo, seu comentário é bem-vindo. Nós lemos todos os comentários, sem exceção. Se você for bonzinho, a gente aprova seu comentário. Após o primeiro comentário aprovado, seus próximos comentários serão aprovados automaticamente.

PS: Nós não nos responsabilizamos pelos comentários publicados aqui. Essa é uma área aberta para os visitantes do site expressarem sua opinião.
Manda ver:

Para contato, críticas, chorume e reclamações que não perguntei alanjuniordequeiroz@hotmail.com.br. Não que a sua opinião tenha importância ou fará diferença para mim.