O Brasil tem soluções ou só interrogações(?)

19:41:00 0 Comments A+ a-

*Alan Junior de Queiroz

O Brasil é um lugar que ficamos na dúvida(?), onde tem mais ladrões na cadeia ou em Brasília? Recentemente se tornou a sexta maior economia do mundo. E daí ? Estar entre os maiores PIBs do planeta não significa que o Brasil se tornou uma nação desenvolvida. Quem melhor que qualquer brasileiro para confirmar esse #fato?. Diariamente esbarramos em violência,cenas de miséria, corrupção, desigualdade de todas as formas e injustiça, entre outros. Tudo isso se tornou parte do cotidiano.O governo governa para os ricos, você tem dúvidas?. Quantas vezes no jornal você vê que foram tomadas medidas para equilibrar índices da bolsa e derivados? (a maioria nem entende quando se fala em alta e baixa da bolsa, aliás os bam-bam-bam não querem ter prejuízo). E quantas vezes você viu casos de escolas com altos índices de violência e uso incontrolável de drogas?, e hospitais abandonados com pessoas morrendo pelas corredores? Agora se o poder estivesse em suas mãos: Qual lei você gostaria de criar?

Faço minhas as palavras do presidente do Conselho de Adiministração do Grupo Abril e editor de Veja, Roberto Civita, em sua 'Carta ao Leitor" publicada no final de dezembro (2011). "Evidentemente, é muito mais fácil formular essas perguntas do que fazer as mudanças necessárias. Mas, enquanto não nos empenharmos em cumprir as nossas promessas, dar o exemplo aos nossos filhos, cobrar as explicações necessárias dos nossos governantes, manifestar a nossa insatisfação na imprensa, na internet e nas ruas e passarmos a nos comportar como verdadeiro cidadões responsáveis pelo país em que queremos viver, podemos ter certeza de que muito pouco vai mudar [...]"

*Alan Junior de Queiroz é estudante de Comunicação Social - Jornalismo da Faculdade do Norte Pioneiro(Fanorpi).

Bem Vindo ao blog Alan Junior de Queiroz!

Lista de regras para fazer comentários!
Então, antes que você só dê trabalho pra gente, dá só uma olhada...

1. Xingamentos gratuitos serão deletados sem dó. Tá nervosinho? Vai falar pra sua mãe.
2. Spams, propagandas ou qualquer coisa que faça você linkar seu blog ou algo do tipo por aqui, fará com que seu comentário seja editado. A não ser que o link possa realmente acrescentar algo ao texto e aos comentários.
3. Não fuja do assunto. Quer falar do seu vizinho? Faça um Twitter.
4. Recebeu um comentário(réplica) ácido e não gostou? Foi você quem pediu.
5. Escreva com conteúdo. E, por favor, ESCREVA CORRETAMENTE. Sabe, nós, pelo menos, TENTAMOS escrever da maneira correta para vocês; bem que vocês poderiam fazer o mesmo por nós, né? Então, faça um esforço pra não escrever feito um retardado e elabore seu comentário. Floods, flames ou qualquer outra coisa inútil será deletada.

Acima de tudo, comente apenas se você tiver algo para comentar. Acredite, quando com conteúdo, seu comentário é bem-vindo. Nós lemos todos os comentários, sem exceção. Se você for bonzinho, a gente aprova seu comentário. Após o primeiro comentário aprovado, seus próximos comentários serão aprovados automaticamente.

PS: Nós não nos responsabilizamos pelos comentários publicados aqui. Essa é uma área aberta para os visitantes do site expressarem sua opinião.
Manda ver:

Para contato, críticas, chorume e reclamações que não perguntei alanjuniordequeiroz@hotmail.com.br. Não que a sua opinião tenha importância ou fará diferença para mim.