OXI – A nova e velha droga

18:14:00 0 Comments A+ a-

-->
 por: Alan Junior de Queiroz
Chegou ao Brasil em 1980 como uma ameaça. Hoje já é uma droga a caminho da disseminação. OXI é a mais nova e devastadora droga conhecida aqui no Brasil.
A ameaça já vem de alguns anos e as autoridades brasileiras não tomaram nenhuma providência e a partir de agora arcaram com as conseqüências. OXI já está dominando os principais becos de drogas do país, desde o das pequenas cidades até os grandes centros.
OXI é de longe mais devastador que o Crack, pois pode matar os dependentes 20% mais rápido, isso corresponde em menos de um ano. A composição dessa nova droga é a mistura de cocaína refinada com gasolina- ou querosene – ácido sulfúrico (água de bateria) e cal virgem. Mas nessa perigosa mistura em alguns casos são encontrados em sua composição cimento, acetona, amônia (Um gás que quando respirada repentinamente, produz lacrimação; e, quando inalada em grandes quantidades, pode produzir sufocação), e soda cáustica.O nome OXI é uma abreviação da palavra ‘oxidado’.

A droga age no corpo humano em pouco segundos e dura cerca de 4 minutos, fazendo com que a pessoa se vicie mais rápido, causando dependência e debilitando. Quando o OXI é inalado as substâncias são instantaneamente absorvidas pelos pulmões, em seguida são enviadas pelo sistema circulatório para o coração, e do coração segue direto para o sistema nervoso central, tudo isso em menos de 10 segundos. A droga aumenta o nível de Dopamina, o neurotransmissor precursor natural de adrenalina. As sensações podem ser variadas, alivio ou prazer, angustia ou paranóia, as reações variam de pessoa para pessoa.

No Brasil, a droga entra pelo Acre vindo dos maiores produtores de folha de coca do mundo Bolívia e Peru. Atualmente a droga custa cerca de R$ 10,00 reais, no ínicio foi vendido por R$ 2,00 reais, o baixo preço foi uma estratégia para ajudar popularizar.
OXI tem as portas abertas aqui no Brasil devido à falta de fiscalização nas fronteiras. A entrada desenfreada pode ter uma relação de negócios entre criminosos e policiais corruptos no qual envolve muito dinheiro. No dia 17 de Maio desse ano (2011), a emissora de televisão árabe “Al Jazeera” transmitiu uma reportagem feita por eles aqui no Brasil, no qual mostrava e confirmava que o estado do Acre é a principal porta de entrada dessa droga.
Nossos governantes estariam fazendo “vista grossa” em cima dos avanços das drogas, ou pior, que não se tem nada mais para ser feito para combater esse problema, que já faz um tempo que ser tornou uma calamidade dentro da tão vergonhosa saúde publica brasileira.
-->
Dados.

Bem Vindo ao blog Alan Junior de Queiroz!

Lista de regras para fazer comentários!
Então, antes que você só dê trabalho pra gente, dá só uma olhada...

1. Xingamentos gratuitos serão deletados sem dó. Tá nervosinho? Vai falar pra sua mãe.
2. Spams, propagandas ou qualquer coisa que faça você linkar seu blog ou algo do tipo por aqui, fará com que seu comentário seja editado. A não ser que o link possa realmente acrescentar algo ao texto e aos comentários.
3. Não fuja do assunto. Quer falar do seu vizinho? Faça um Twitter.
4. Recebeu um comentário(réplica) ácido e não gostou? Foi você quem pediu.
5. Escreva com conteúdo. E, por favor, ESCREVA CORRETAMENTE. Sabe, nós, pelo menos, TENTAMOS escrever da maneira correta para vocês; bem que vocês poderiam fazer o mesmo por nós, né? Então, faça um esforço pra não escrever feito um retardado e elabore seu comentário. Floods, flames ou qualquer outra coisa inútil será deletada.

Acima de tudo, comente apenas se você tiver algo para comentar. Acredite, quando com conteúdo, seu comentário é bem-vindo. Nós lemos todos os comentários, sem exceção. Se você for bonzinho, a gente aprova seu comentário. Após o primeiro comentário aprovado, seus próximos comentários serão aprovados automaticamente.

PS: Nós não nos responsabilizamos pelos comentários publicados aqui. Essa é uma área aberta para os visitantes do site expressarem sua opinião.
Manda ver:

Para contato, críticas, chorume e reclamações que não perguntei alanjuniordequeiroz@hotmail.com.br. Não que a sua opinião tenha importância ou fará diferença para mim.